… do que a pesquisa acadêmica nos pode dar: “Pressupostos da pesquisa: o saber está em toda parte; o mundo é uma voz a ser ouvida; o pesquisador é um narrador que vai levar ao público a experiência e assume um compromisso para que outros aprendam com ela. O discurso acadêmico é o discurso da explicitação”, Luiza Helena da Silva Christov, doutora em educação, professora do Instituto de Artes da Unesp, consultora em projetos de formação de professores e parte do núcleo de pesquisa acadêmica d’ A Casa Tombada.

PROPOSTA DO CURSO

O desejo fundamental desse curso é o de promover encontros entre profissionais da educação, das artes visuais, da literatura e demais interessados (e apaixonados) pelo que chamamos de “livro para a infância”. O termo, no entanto, não é destino ou chegada: é ponto de partida.

No curso, dialogaremos a partir deste objeto que, no brasil, vem agenciando diferentes lugares nestas três áreas. sob o compromisso de uma especialização lato-sensu, sugerimos um amplo leque de possibilidades para que o estudante tenha a oportunidade de se  perceber como pesquisador das relações possíveis nos espaços de mediação de leitura, estabelecendo conexões entre os processos artísticos que levam os leitores àquelas obras, sem deixar de lado as complexidades que envolvem o sistema de circulação de livros no brasil.

Aqui, pensamos como as narrativas podem ganhar ainda mais vigor se estas histórias forem contadas a partir de um jogo potente entre texto, imagem e projeto gráfico. quais visões de infância são reveladas a partir das escolhas feitas nas etapas de um livro, esteja ele em uma grande, média ou pequena editora, ou tenha sido feito em grande escala ou a poucas mãos ?

A aposta principal é: se um livro para a infância não for visto como um simples suporte a ser esquecido (ou superado) com o tempo, o que ele pode nos oferecer de fato na nossa relação com a leitura? E, juntos, poderemos descobrir para onde ainda não estamos olhando, contribuindo para um maior acesso ao livro em nossos territórios de atuação.

Inscrições Abertas até 21 de Janeiro de 2019

​COORDENAÇÃO
GERAL

Profa. Dra. Ângela Castelo Branco Teixeira e Prof. Dr. Giuliano Tierno de Siqueira

COORDENAÇÃO
DO CURSO

Prof. Esp. Cristiane Rogerio

PERÍODO DE
REALIZAÇÃO

23 de fevereiro de 2019 a março de 2021
Um sábado (9h30 às 18h) e um domingo (9h30 às 13h) por mês
(Carga horária 450 horas)

CONTATOS

e-mail: livroinfancia.pos@gmail.com
WhatsApp: (11) 98151-6255
Fone: (11) 3675-6661

Professores e Colaboradores

Aline_Abreu
Aline
Abreu

Professora mestre em crítica literária (PUC-SP), escritora e ilustradora e autora de livros ilustrados (Menina Amarrotada, Esse Não é o Presente Que eu Pedi)

angela
Angela
Castelo Branco

Professora doutora em arte e educação (Unesp), poeta e pesquisadora da escrita e criadora d’A Casa Tombada

Camila-Feltre
Camila
Feltre

Professora mestre em arte e educação (Unesp), autora do livro É um Livro – Mediações e Leituras Possíveis

CAROLINAMOREYRA
Carolina
Moreyra

Professora formada pela London Film School, pesquisadora do livro ilustrado, roteirista e escritora (O Guarda-Chuva do Vovô, Lá e Aqui, Lulu e o Urso)

Cris
Cristiane
Rogerio

Professora especialista em narração de história, jornalista (foi editora 8 anos da Revista Crescer, coordenou Lista dos 30 Melhores Livros Infantis; criadora do blog Esconderijos do Tempo)

Giu
Giuliano
Tierno

Professor doutor em arte e educação (Unesp), narrador de histórias e criador d’A Casa Tombada

leticia
Letícia
Liesenfeld

Professora mestre em comunicação e artes pela Universidade Nova de Lisboa, atriz e narradora de histórias, coordenadora da pós Narração Artística, d’ A Casa Tombada

luiza-christov
Luiza
Christov

Professora doutora em educação (PUC), professora assistente aposentada na Unesp, consultora de redes de educação básica, pública e privada

MariaOberg
Maria Silvia
Oberg

Professora doutora em ciência da informação (mediação e ação cultural – USP), assessora em projetos e consultoria nas áreas de literatura infantojivenil (foi pesquisadora Biblioteca Monteiro Lobato-SP)

Maria_jose_Nobrega
Maria José
Nóbrega

Professora mestre em filologia e língua portuguesa (USP), assessora escolas particulares e coordena projetos de leitura em editoras, professora curso em Formação de Escritores (IseVec)

odilon_moraes
Odilon
Moraes

Mestrando da Unicamp em Artes, pesquisador do livro ilustrado, autor como escritor e ilustrador (Pedro e Lua, Rosa, A Princesinha Medrosa, Olavo)

Stela
Stela
Battaglia

Professora doutora em linguagem e educação pela USP, formadora de professores e mediadores de leitura em diversos locais

simone.jpg.180x270_q85_upscale
Simone
Paulino

Professora mestre em teoria literária e literatura comparada (USP), é jornalista, escritora (O Sonho Secreto de Alice, Como Clarice Lispectos Pode Mudar Sua Vida), editora, criadora da Editora Nós, editora na Buzz e colaboradora da Primavera Literária Brasileira, Departamento de Estudos Lusófonos da Université Paris-Sorbonne

SusanaVentura
Susana
Ventura

Professora doutora em Letras (USP), pesquisadora nos centros de pesquisa na área da Literatura: Centro de Estudos de Literaturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa – CLEPUL e do Centro de Pesquisas Interdisciplinares sobre os Mundos Ibéricos Contemporâneos – CRIMIC – Sorbonne, Paris IV, escritora (O Caderno da Avó Clara e Eu,  O Príncipe das Palmas Verdes e outros)

Investimento

Pagamento à vista:
consulte valores especiais para pagamentos à vista

Pagamento parcelado:
10 parcelas de R$ 1.304,96
(10% de desconto)
ou
24 parcelas de R$ 604,15
ou
30 parcelas de R$ 483,32

Condições especiais:

Professores, educadores sociais e bibliotecários de instituições públicas e ONG’s. têm 15% de desconto;
Alunos e ex-alunos de pós-graduação têm 15% de desconto.

24 parcelas de R$ 513,52
ou
30 parcelas de R$ 410,82

IMPORTANTE: Os valores parcelados serão corrigidos anualmente pelo índice de INFLAÇÃO acumulado no período.

w w
Entrevistas

Entrevistas com os inscritos (presenciais e skype): de 4 a 8/12/2018 (dia e horário a confirmar até dia 3/12/2018).

INFORMAÇÕES GERAIS

1. Sobre o curso e sua relação com nosso contexto histórico-cultural

Por que criamos o curso O LIVRO PARA A INFÂNCIA? O desejo primeiro foi um espaço para diálogos presenciais entre o artista criador do livro, o produtor deste livro, bem como o editor,  o designer, o divulgador e os mediadores, educadores, bibliotecários e adultos próximos de uma criança. Criança?

Não, infância.

O livro para a infância é o livro para crianças?

E os jovens? E os adultos? E o todos e todas?

Não é livro-adjetivo… é livro-caminho. Um curso que acontece num’A Casa: tem barulho de galo do parque vizinho, chão que afunda, cheiro de bolo feito na hora, café coado, porta que é lousa, mesa de centro que apoia computador, janela que chama passarinho, quintal com cadeira de praia, luzes amareladas por fora, plantas, som de gente falando, livros em estantes de Casa.

Encontro. Ou seja, um modo de conhecer que privilegia a percepção do corpo, os afetos (os nossos e do ambiente em que estamos), as singularidades, a experiência, os desconfortos que nos levam ao impulso de pensar e nomear as coisas e as possíveis novas combinações entre os saberes.

Construção coletiva. Nada parece pronto, tudo fundamenta-se. Nem todos os livros lidos, nem toda a educação é a mesma, nem tudo é anotado, nem tudo é sabido, escrito, desenhado: nada se perde. Tudo inventado onde tudo é possível. Ideias são bem-vindas em diálogos poéticos, estéticos e éticos.

Há as pessoas em volta do livro, olhamos para elas. Estão juntas, lendo juntas. Há as materialidades: a capa, a lombada, o tipo de papel, a cor, o cheiro, a textura, o tamanho, a IMPRESSÃO. O que nos acontece em escolhas e leituras?

Há as escritas. De si. De palavra e imagem. Cor é parte da narrativa, é palavra. Palavra não vem só na gramática, vem em poesia e em metáfora; de livro, de pergunta, de história clássica, de história recém-inventada. De informação de maneira que tudo se torna jogo: de entender, de saber, de aprender, de relacionar a vida, as existências, os nomes, os números, o se colocar nesse mundo, planeta, vidas.

Há a pesquisa. O texto é conquista, prática do pensar, exercício de dizer. Conversar com as referências, os que vieram antes; olhar o futuro, perguntar, duvidar, apostar.

Esse curso nasce em 2016 como O LIVRO PARA A INFÂNCIA: TEXTOS, IMAGENS E MATERIALIDADES. Mas mudamos. Somos mais que “textos, imagens e materialidades”. Somos as possibilidades de investigar esta dança do livro contemporâneo. Somos as possibilidades de experimentar fazer este livro todos os dias. Somos as oportunidades de acesso e mediação. Somos força para enfrentar, conhecer e transformar as relações de circulação de livros. Somos tradição, invenção na contemporaneidade. Somos construção de repertório, escolhas de edição, olhar de passado, presente e futuro. O livro ilustrado e suas denominações-irmãs; a contextualização do termo “literatura infantil”; a história leitora do Brasil; os coletivos de criação e circulação; os livros de artista que sempre existiram e as questões com o livro como objeto; histórico e problematização dos programas de governo; os pequenos encontros do leitor com o livro; o livro digital habitando a infância; novas (re)leituras; territórios e itinerários próprios, percorridos, registrados: a leitura coletiva como experiência.

 

2. Funcionamento do curso:

2.1 – O curso de pós-graduação lato sensu O livro para a infância: processos de criação, circulação e mediaçãocontemporâneosé oferecido e realizado pela FACON – Faculdade de Conchas no pólo A CASA TOMBADA localizado à Rua Ministro Godói, 109 – Perdizes – CEP: 05015-000 – São Paulo/SP – Fone (11) 3675-6661.

 

2.2. – Horário oferecido:

Módulo I
23/2/2019 – sábado – das 9h30 às 18h
24/2/2019 – domingo – das 9h30 às 13h

Módulo II
9/3/2019 – sábado – das 9h30 às 18h
10/3/2019 – domingo – das 9h30 às 13h

Módulo III
6/4/2019 – sábado – das 9h30 às 18h
7/4/2019 – domingo – das 9h30 às 13h

Módulo IV
4/5/2019 – sábado – das 9h30 às 18h
5/5/2019 – domingo – das 9h30 às 13h

Módulo V
1/6/19 – sábado – das 9h30 às 18h
2/6/19 – domingo – das 9h30 às 13h

Módulo VI
6/7/2019 – sábado – das 9h30 às 18h
7/7/19 – domingo – das 9h às 13h

Recesso de 8/7 a 2/8/2019

Módulo VII
3/8/19 – sábado – das 9h30 às 18h
4/8/19 – domingo – das 9h30 às 13h

Módulo VIII
7/9/19 – sábado – das 9h30 às 18h
8/9/19 – domingo – das 9h30 às 13h

Módulo IX
5/10/19 – sábado – das 9h30 às 18h
6/10/19 – domingo – das 9h30 às 13h

Módulo X
30/11/19 – sábado – das 9h30 às 18h
1/12/19 – domingo – das 9h30 às 13h

* em breve disponibilizaremos o cronograma completo.

 

2.3. – Carga horária total: 450 horas

2.4. – Duração: 24 meses

* Além das aulas, os alunos serão convidados a participar de atividades facultativas que envolvem a temática distribuídas ao longo dos 24 (vinte e quatro) meses de realização do curso. É obrigatória a presença do estudante em ao menos 75% da carga horária das aulas. O curso tem a carga horária total de 450 horas e duração de 24 meses.

2.5. – Início das aulas: 23/2/2019 (sábado)

2.6. – Término das aulas: março/2021

2.7. – Conteúdo Programático:

 

Os tópicos de estudos e a articulação de assuntos:

a) História da Infância no Ocidente (o pensamento sobre a infância e criança no mundo e as consequências e diálogos com o Brasil e nossa pedagogia)

  • Raízes de nosso repertório (tradição oral, contos de fadas, contos populares mundiais e brasileiros, cultura negra, cultura indígena)
  • O livro para a infância no Brasil, os leitores do Brasil (a virada proposta por Monteiro Lobato, os movimentos brasileiros de pensamento infância-escola, as experiências artísticas, gráficas e literárias com o livro no Brasil e o diálogo com as produções estrangeiras)
  • As diversas relações entre palavra, imagem e projeto gráfico e o Brasil nesta linha do tempo mundial

b) O livro como objeto de desejo, paixão e criatividade para narrar-se

Escrita de si, tradição, invenção e literatura

c) Leituras de imagem e a prática das narrativas visuais

d) Mediação e seleção de acervos em espaços diversos (e controversos) em casa, escola, espaços públicos e privados presenciais e virtuais

e) O sistema literário brasileiro pelo olhar da produção, edição e circulação no mercado contemporâneo

f) A oportunidade da pesquisa acadêmica como experiência e metodologia para que cada um de nós seja um espaço de diálogo com o outro

 

PROFESSORES E COLABORADORES

Aline Abreu, professora mestre em crítica literária (PUC-SP), escritora e ilustradora e autora de livros ilustrados (Menina Amarrotada, Esse Não é o Presente Que eu Pedi)

Angela Castelo Branco, professora doutora em arte e educação (Unesp), poeta e pesquisadora da escrita e criadora d’A Casa Tombada

Camila Feltre, professora mestre em arte e educação (Unesp), autora do livro É um Livro – Mediações e Leituras Possíveis

Carolina Moreyra, professora formada pela London Film School, pesquisadora do livro ilustrado, roteirista e escritora (O Guarda-Chuva do Vovô, Lá e Aqui, Lulu e o Urso)

Cristiane Rogerio, professora especialista em narração de história, jornalista (foi editora 8 anos da Revista Crescer, coordenou Lista dos 30 Melhores Livros Infantis; criadora do blog Esconderijos do Tempo)

Giuliano Tierno, professor doutor em arte e educação (Unesp), narrador de histórias e criador d’A Casa Tombada

Letícia Liesenfeld, professora mestre em comunicação e artes pela Universidade Nova de Lisboa, atriz e narradora de histórias, coordenadora da pós Narração Artística, d’ A Casa Tombada

Luiza Christov, professora doutora em educação (PUC), professora assistente aposentada na Unesp, consultora de redes de educação básica, pública e privada

Maria Silvia Oberg, professora doutora em ciência da informação (mediação e ação cultural – USP), assessora em projetos e consultoria nas áreas de literatura infantojivenil (foi pesquisadora Biblioteca Monteiro Lobato-SP)

Maria José Nóbrega, professora mestre em filologia e língua portuguesa (USP), assessora escolas particulares e coordena projetos de leitura em editoras, professora curso em Formação de Escritores (IseVec)

Odilon Moraes, mestrando da Unicamp em Artes, pesquisador do livro ilustrado, autor como escritor e ilustrador (Pedro e Lua, Rosa, A Princesinha Medrosa, Olavo)

Simone Paulino, professora mestre em teoria literária e literatura comparada (USP), é jornalista, escritora (O Sonho Secreto de Alice, Como Clarice Lispectos Pode Mudar Sua Vida), editora, criadora da Editora Nós, editora na Buzz e colaboradora da Primavera Literária Brasileira, Departamento de Estudos Lusófonos da Université Paris-Sorbonne

Susana Ventura, professora doutora em Letras (USP), pesquisadora nos centros de pesquisa na área da Literatura: Centro de Estudos de Literaturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa – CLEPUL e do Centro de Pesquisas Interdisciplinares sobre os Mundos Ibéricos Contemporâneos – CRIMIC – Sorbonne, Paris IV, escritora (O Caderno da Avó Clara e Eu, Fernando Pessoa, O Príncipe das Palmas Verdes e Outros Contos Portugueses, O Tambor Africano e Outros Contos dos Países Africanos de Língua Portuguesa,  A Kantuta Tricolor e Outras Histórias da Bolívia

Stela Maris Fazio Battaglia, professora doutora em linguagem e educação pela USP, formadora de professores e mediadores de leitura em diversos locais.

 

Os encontros e as metodologias:

Os encontros são pautados em imersões que articulam pesquisa, escuta, ampliação de repertórios, leituras e escritas, criação de projetos pessoais e construção coletiva de saberes, a partir dos eixos que os temas convergem. A proposta é a de que os professores colaboradores exponham suas trajetórias de pesquisa e diálogos com as áreas já mencionadas, apresentando práticas e o de pensar sobre as mesmas. Além dos professores colaboradores, há a participação de profissionais diversos do universo do livro (da criação, circulação e mediação), convidados a partilhar experiências e promover outras costuras com as trajetórias do curso vividas por cada turma.

 

Algumas vozes que dialogam com o curso:

do que são nossas raízes: “O caráter formador da literatura infantil vinculou-a, desde sua origem, a objetivos pedagógicos. Ora, isto cria uma tensão entre o saber da obra literária (que diz ”apresento o mundo assim”) e o ideal da pedagogia (que diz “o mundo deveria ser assim”). Tal tensão é o grande desafio da obra destinada ao público infantil que, não solucionado, muitas vezes abala o seu próprio estatuto literário.”

(…) “No exame de um livro para criança que se apresente como literário, pode-se iniciar uma avaliação procurando a resposta à seguinte pergunta: esse livro permite que a criança perceba a força criativa da palavra ou da imagem? Ou não há nele nenhuma novidade, nada que atraia ou prenda a atenção no arranjo dos signos, no modo como foi composto?”, Ligia Cademartori, em O que é Literatura Infantil, Col. Primeiros Passos (Ed. Brasiliense, 1980/2010)

do que são possibilidades: “Quando uma criança lê o Menino Maluquinho, de Ziraldo, ou A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga, ou Onde vivem os monstros, de Maurice Sendak, ou Peter Pan, de J.M. Barrie, e poderia dar mil outros exemplos, essa criança tende a repensar e a redescrever a si mesma, sua própria infância, suas contradições, suas relações com o outro, suas inquietações, enfim, suas questões humanas. Graças à leitura da ficção e da poesia talvez ela acabe conhecendo um pouco melhor a si mesma e compreendendo melhor as pessoas e o mundo a sua volta. Não é pouco”, Ricardo Azevedo, escritor, ilustrador e pesquisador de literatura e cultura popular em Sobre Ficção e Utopia, publicado em Rascunho

… do que é o fazer livro: “Não apelar a um público predefinido, mas sim, tentar construir um para si. A responsabilidade do artista encontra-se primeiro e, acima de tudo, no trabalho em si, confiando que ele vai atrair a atenção dos outros pela força de sua convicção”, Shaun Tan, autor australianos e de Contos de Lugares Distantes, A Árvore Vermelha, Regras de Verão, A Coisa Perdida

… do que pode um artista: “Sou completamente louco, eu sei disto. Não digo que sou o o “sabichão”, mas sei que isso é muito da essência que faz meu trabalho algo bom. E eu sei que meu trabalho é bom. Nem todo mundo gosta, ok. Eu não faço isso para todo mundo. Ou para qualquer um. Eu faço porque eu não consigo não fazer”, Maurice Sendak, autor norte-americano do clássico mundial Onde Vivem os Monstros

… do que pode um livro: “O livro ilustrado contemporâneo proporciona um encontro inédito entre a criança e o adulto. O adulto descobre uma experiência de linguagem que ele não está mais acostumado, pois o livro ilustrado entra no território da escrita da imagem e não apenas da escrita da palavra. E a criança também faz um deslocamento do outro lado”, Odilon Moraes, professor do curso e autor de Rosa, Lá e Aqui (com Carolina Moreyra), A Princesinha Medrosa

… do que se quer de um livro: “O livro ilustrado infantil aproxima-se da educação exclusivamente como porta entreaberta para a formação estética do indivíduo (devemos frisar que este indivíduo pode ter qualquer idade) e firma-se como literatura sem limitação de idade na medida em que passa a ser percebido como espaço de invenção estética”, Aline Abreu, professora do curso e autora de Menina Amarrotada, Este Presente Não é Meu

do que se é quando se cria algo: “O lugar de fala de um artista, de um escritor, é diferente da voz narrativa e diferente do lugar de escrita. É a tal ‘terceira margem’ que Guimarães Rosa nos mostrou, costumo dizer. Um lugar que você habita por um tempo, pleno, geralmente quando você escreve algo original”, Simone Paulino, professora do curso, escritora e editora, criadora da Editora Nós 

 

* Os cronogramas das aulas serão entregues no começo de cada semestre.

** O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) deve ser concluído em até 90 dias após o término das disciplinas. Entende-se por TCC nesse curso, a preparação e apresentação pública, individual, em duplas ou grupos, de um trabalho acadêmico (artigos, ensaios, relatos de experiência vinculado a alguma produção artística, entre outros formatos) para uma banca de especialistas, mestres e/ou doutores. A carga horária desse trabalho não está somada à carga total do curso.

 

3. Processo de Seleção

3.1. Inscrições:a inscrição para a participação do processo de seleção para o curso de pós-graduação lato sensu O livro para a infância: processos de criação, circulação e mediação contemporâneos, poderá ser efetuada pelo site: www.acasatombada.com.br até 21 de janeiro de 2019.

3.2. Como se inscrever: As pessoas interessadas em participar do Processo de Seleção deverão pagar a taxa de inscrição e encaminhar via e-mail (livroinfancia.pos@gmail.com) digitalizado a cópia simples do Diploma de Conclusão de Graduação e uma carta de intenção (com no mínimo 20 linhas e no máximo 40 linhas descrevendo as motivações para participar do curso).

3.3. Taxa de inscrição: O valor é de 50 reais, a ser depositado em nome:

​A CASA TOMBADA PRODUÇÕES CULTURAIS LTDA ME

Banco Itaú

Ag. 0383

C.C. 15.305-3

CNPJ 09.352.577/0001-37

3.4 – Após o envio da documentação e do comprovante de depósito/transferência bancário (pelo email: livroinfancia.pos@gmail.com) o candidato receberá um e-mail informando:

“Sua inscrição foi efetuada com sucesso. Aguarde o agendamento para realizar a entrevista”.

 

3.5 – Após a inscrição os candidatos passarão pela seguinte seleção:

3.5.1 – Análise da carta de interesse.

3.5.2 – Entrevistas: os selecionados serão comunicados via e-mail, WhatsApp ou telefone sobre a sua participação na entrevista: a entrevista ocorrerá de 23 a 27 de janeiro de 2019 em dia e horário à confirmar (até dia22/01), no Pólo da FACON (Faculdade de Conchas) A Casa Tombada localizado à Rua Ministro Godói, 109 – em frente à lateral do Parque da Água Branca (próximo à estação Barra Funda do metrô).

 

4. Matrículas:

4.1 – Os aprovados deverão efetuar suas matrículas online entre os dias 29 e 31 de janeiro de 2019.

 

5. Documentação necessária para a matrícula:

5.1 No ato da matrícula o candidato deverá entregar IMPRETERIVELMENTE  a documentação completa (não serão aceitas matrículas com a documentação incompleta):

– 1 foto 3×4;

– Xerox simples do CPF e RG ou CNH;

– Xerox autenticado do Diploma do Curso de Graduação (não serão aceitos certificados, apenas DIPLOMAS);

– Xerox simples do Histórico Escolar;

– Xerox simples da certidão de nascimento ou casamento;

– Xerox simples de reservista;

– Xerox simples do título de eleitor e comprovantes da última eleição;

– Xerox simples do comprovante de residência.

 

6. Dos pagamentos:

6.1 – No ato da matrícula o aluno deverá efetuar o pagamento da primeira, das parcelas do curso. As parcelas terão o vencimento todo dia 5 de cada mês. As demais parcelas serão consecutivas e terão vencimentos via boleto bancário todo dia 5 de cada mês a partir de 5 de janeiro de 2019. Exceto pagamento à vista que já estará quitado no ato da matrícula.

 

6.2 – Investimento:

Pagamento à vista: consulte valores especiais para pagamentos à vista

Formas de pagamento:

10 parcelas = R$ 14.499,58 (-) 10% (:) 10 = R$ 1.304,96

24 parcelas = R$ 14.499,58 (:) 24 = R$ 604,15

30 parcelas = R$ 14.499,58 (:) 30 = R$ 483,32

Valores para professores, educadores sociais e bibliotecários de instituições públicas e ONG’s. – 15% de desconto
Valores para alunos e ex-alunos de pós-graduação – 15% de desconto.

24 parcelas = R$ 12.324,64 (:) 24 = R$ 513,52

30 parcelas = R$ 12.324,64 (:) 30 = R$ 410,82

IMPORTANTE: Os valores parcelados serão corrigidos anualmente pelo índice de INFLAÇÃO acumulado no período.

 

6.3. Caso o aluno tenha que fazer reposição de aula, por não ter cumprido a carga mínima de presença exigida pela legislação, será cobrado o valor de R$ 300,00 por disciplina a ser reposta.

6.4. Caso o aluno não conclua o TCC em até 3 meses (90 dias) após o término do curso – prazo máximo dentro do contrato estabelecido – o estudante deverá solicitar formalmente a rematrícula e pagar o valor de R$ 500,00 mensais até a conclusão do mesmo no período máximo de 6 (seis) meses.

6.5. Os alunos terão direito, caso queiram, à carteirinha de estudante da Faculdade, contudo essa carteirinha, por tratar-se de um curso de pós-graduação, não garante a emissão do Bilhete Único de Estudante. O valor da carteirinha, para os interessados em adquiri-la é de R$ 30,00 (reais) pagos no ato da matrícula.

 

7. Local de realização do curso:

As aulas acontecerão de maneira presencial no Pólo da FACON (Faculdade de Conchas) A Casa Tombada localizado à Rua Ministro Godói, 109 – Em frente à lateral do Parque da Água Branca e a cinco minutos caminhando da Estação Barra Funda do Metrô).