No conto me encontro e me reconto: uma travessia pelo conto “A Lenda das Areias” - com Tininha Calazans

Sobre o curso

O curso, em quatro movimentos, nos faz mergulhar nas substâncias do conto, vivendo as transformações do rio em sua jornada de encontros e confrontos, certezas e dúvidas. Como a paisagem se espelha nas águas do rio, no rio do conto descortinamos paisagens de nossa história.

Pelo gesto expressivo adentramos a alquimia da matéria, a nossa e a que se revela em “A lenda das Areias”. Por esta vivência estética – como se fora uma conversa – transformamos a narrativa em experiência e a experiência em narrativa. O que este fazer nos traz? Ele afeta o modo de narrar? O que o conto e a nossa história nos contam dos mistérios de um rio nos caminhos de seu viver, do rolar de nossas águas pelas veredas da terra?

Percurso das aulas:

A cada encontro, elementos, territórios, ações e criaturas que se presentificam no conto e em nossa vidanos convidam ao seu íntimo. Aqui adentramos o simbólico na simbiose entre a trajetória do rio e de nossos percursos, pressentida e elaborada pelo gesto criativo.

24/01 – O Rio e a Terras – encontros
28/01 – O Rio, o Deserto – embates e dúvidas
31/01 – O Vento, as Nuvens e a Chuva – lembranças e metamorfoses
04/02 – Transpirações

Procedimentos:

Ao longo de 3 encontros o trajeto inspirado pelo conto persa “A Lenda das Areias” convida a experiências de escuta, leitura, narração, contemplação, conversa, escrita, desenho, movimento e sensibilização do corpo pelo tato. Pela via do sensível e dos sentidos, num diálogo entre as imagens da história e as de nossas vivências que se dá pelo elaborar das palavras, gestos ou imagens, mergulhamos nas camadas simbólicas do conto e de si.

No encontro final, o curso convida a transpirar as movências do percurso conformando e compartilhando um experimento. Dar voz ao “conto tema” do curso, criar e compartilhar seu reconto ou outros textos, histórias, danças, visualidades nascidas no processo, são caminhos possíveis.

Materiais:

Papel para desenho, giz de cera ou lápis de cor, caixa de fósforo, duas latas ou potes de barro, saquinho feito com uma meia velha e grãos (arroz, lentilha), escova macia (para o corpo), colher de pau, toalha de rosto, lenço pequeno e um xale ou canga gostosos ao tato.

Referências bibliográficas

BACHELARD, Gaston: ‘‘A água e os Sonhos’’. Editora WMF; “O Ar e os Sonhos’’. Editora Martim Fontes; “A terra e os Devaneios do Repouso” Editora WMF.

KELEMAN, Stanley: Mito e Corpo. Summus Editorial

LELOUP, Jean Yves: DESERTO Desertos. Editora Vozes

 

Sobre a professora

A artista Tininha Calazans, licenciada em Artes Cênicas pela UNB/Brasília e com especialização em Teatro pela USP, dedica-se às poéticas da palavra e da cena, atuando como pesquisadora, artista-educadora, criadora de textos e espetáculos. A arte milenar da narrativa constitui o núcleo de seu trabalho. A palavra em voz e letra, a imaginação, a memória e a experiência são os temas eixo de sua investigação. Contos e brincadeiras da tradição dos povos, histórias de vida e textos de escritores/as são sua fonte de inspiração. Mergulhando nas palavras e imagens, a escritora/narradora cria recontos, cantigas e histórias autorais que vêm à cena em espetáculos de contação e teatro narrativo. Nas vivências e cursos que realiza inspira participantes a gestos expressivos na descoberta e aprimoramento de sua potência singular, seja pela voz, escrita ou criação plástica.

Em 40 anos de atuação profissional vem compondo um repertório diversificado de ações artísticas e artístico-educativas que se abrem para questões da existência. Atualmente cursa pós-graduação artística na Casa Tombada. Seus últimos espetáculos são “A Curandeira em Pele de Foca”, “Janelas Encantadas de Galeano” e “João Rosa: um menino banhado de estórias”. No campo artístico-pedagógico, vem realizando os cursos “O Conto que me Conta – uma jornada pela paisagem encantada” e “Histórias de Vida: nas terras da experiência, imaginário, memória e sabedoria”.

Quando

Segundas e sextas-feiras
Dias 24, 28 e 31/01 e 4/2
Das 17h às 19h30

Após o início do curso você terá acesso à plataforma de estudo d’A Casa por 3 (três) meses, onde poderá rever as aulas gravadas, ter acesso a materiais referenciais e espaço livre para prática e troca entre alunos e alunas.

 

Onde 

Online
As informações de acesso serão disponibilizadas por e-mail.

Turma

14 vagas

Bolsa de estudo

Aceitaremos inscrições para o processo de bolsa até sete (7) dias antes do início do curso.
[ Mais informações  clique aqui ]

Investimento

R$ 300,00

Alunes e ex-alunes d’A Casa Tombada têm desconto de 10% em todos os cursos livres. É só pedir o cupom de desconto pelo email cursos.acasatombada@gmail.com

Pagar.me
Parcela única no boleto bancário ou em até 10 X sem juros no cartão de crédito

PayPal
 Em até 10 X sem juros no cartão de crédito

VOCÊ PRECISA  ESPERAR  A DATA DO CARTÃO VIRAR?
Fale com a gente e reserve sua vaga pelo e-mail cursos.acasatombada@gmail.com 

Informações sobre bolsa
Clique aqui

Outros cursos d'A Casa

[28/08/2022] Mitos, contos e arquétipos – com Marco Haurélio

[10/08/2022] O Tarô e as histórias A jornada do louco através dos contos de tradição oral – com Keu Apoema

[21/07/22] Colagem: recorte a vida e transforme em arte – com Sofia Lemos / Módulo III: Desconstrução de paisagens com colagem

[27/06/2022] Gingando com a literatura contemporânea brasileira – com Josiane Alves e Katiane Martins

[09/06/22] Colagem: recorte a vida e transforme em arte – com Sofia Lemos / Módulo II: Colagem e técnicas mistas

[12/03/22] Grupo de estudos filosóficos (encontros mensais) – com Luiza Christov