Oficina "Estar de fora é como estar morto em um corpo vivo: Notícias e narração de histórias"

Sobre a oficina

Que notícias são publicadas? Quais histórias são contadas? 

*Qual é o problema:* Com uma mídia que tem o lucro como prioridade e a torrente de notícias como sua sobrevivência e maneira de se articular na sociedade, bem como a representatividade dos grupos que ela defende, pessoas e histórias que não condizem com isso ficam do lado de fora, e na atual sociedade que vivemos “estar de fora é como estar morto em um corpo vivo – incompatível com a dignidade humana”(Cristopher Türcke)

*O que faremos:* A oficina, em 4 encontros de 3h de duração cada, tem como ponto de partida uma análise sobre o evento em homenagem/protesto à morte de Cláudia Ferreira da Silva em 2014 e alguns pontos de chegada que flertam com criar maneiras de que histórias não pereçam.

*O caminho:* Encontro 01: Apresentação do artigo de conclusão de curso “Paixão de Cláudia – as narrativas para além do periodismo” da pós-graduação em A arte de contar histórias(2015) + levantamento de notícias/histórias que sucumbiram com o tempo. Encontro 02: apresentação de histórias e oficinas (realizadas para/com adultos e crianças) que provoquem a saída da torrente de notícias + apresentação do “Nosso Jornal” (Perdizes: 1962 – 1981) editado pelo João Batista da Silva Júnior + orientações para estudo de campo. Encontro 03: tempo de pesquisa – busca por notícias/histórias/materiais na rua, no seu entorno, para serem trabalhadas no último encontro (não terá encontro presencial neste dia!) Encontro 04: Partilha do material coletado + criação coletiva de materiais que possam provocar a saída da torrente de notícias a qual somos submetidos.

 


As propostas dessas oficinas nascem do projeto À Volta d’A Casa que foi contemplado pelo ProAc Territórios das Artes n.41/2018. Esse projeto possui o objetivo de fortalecer o vínculo dos narradores do grupo Sábado em Casa (Ângela Castelo Branco, Giuliano Tierno, Leticia Liesenfeld, Magno Faria e Yohana Ciotti) com o entorno d’A Casa Tombada. Desde janeiro de 2019, o grupo vem experimentando caminhos de investigação artística a partir dos arredores d’A Casa Tombada e do levantamento das histórias do bairro de Perdizes, ativando um território poético da escuta e da fabulação enquanto prática narrativa. 

As oficinas aqui propostas são parte dessa investigação. Partilharemos nas oficinas essas pesquisas desenvolvidas por meio de imagens, contos, fragmentos de conversas com moradores e comerciantes e os silenciamentos presentes na história oficial e não oficial do bairro.

Quem é o professor?

Magno Rodrigues Faria. Filho de Guaianases, é pedagogo formado pela FEUSP com experiências nas redes pública, privada e do terceiro setor. Possui especialização em ” Arte de Contar Histórias – Abordagens poética, literária e performática”. Desde 2010 trabalha regularmente como educador na biblioteca do Instituto Acaia, onde exerce hoje a coordenação desta área. Contador de histórias em espaços de cultura também promove oficinas que envolvam a palavra e notícias e é colaborador (júri em 2016) da revista Emília no projeto “Destaques da Revista Emília” desde 2013. 

Quando

de 16/07 a 19/07
(terça, quarta, quinta e sexta, das 18h30 às 21h30)

Público

Geral

Turma

30 participantes

Investimento

Gratuito

Outros cursos d'A Casa

[13/11] Contos africanos, com François Moïse Bamba

[15/11] Dois dias de fundamentos da arte griot, com François Moïse Bamba

A Arte de Contar Histórias em Processos Educacionais: Ensino formal e não formal 1ºsem/2020

Caminhada como método para a arte e educação – 1ºsem/2020

O livro para a infância: processos de criação, circulação e mediação 1ºsem/2020

Narração Artística: Caminhos para contar histórias em contexto urbano – 1ºsem/2020

[20/09] Lançamento do livro “Vozes da Tradição”

[19/09] ENCONTRO ABERTO: POSSIBILIDADES DA NOVELA GRÁFICA, COM MARÍA LUQUE

[13/09] MAR, MAPA, MEMÓRIA: OFICINA DE POESIA E IMAGEM, COM ROSINHA

[08/10] Design é fluxo: fundamentos de teoria e prática, com Raquel Matsushita

[06/09] Apresentação musical – UMA

[03/10] MATERIALIDADE É LEITURA? com Camila Feltre e Cristiane Rogerio

[10/09] “Experiências de escuta em comum” com Helena Freire Weffort

[25/10] Infâncias: Raízes multiculturais infantis: histórias, memórias e a importância das biografias

[27/09] Infâncias: entrelaces entre mitologia, filosofia e espiritualidade

[28/10] Conto Tradicional: Viagem de Retorno ao País da Infância com Marco Haurélio – II módulo

Processos de Criação e Bordaduras com Eliane Tavelli

[02/09] CRIANDO NARRATIVAS VISUAIS: imersão Com ALINE ABREU

À escrita: experimentos em ateliê e acompanhamento de projetos com Ângela Castelo Branco

[21/09] Sábado em Casa: Histórias à volta d’A Casa

[24/09] Gestos de Escrita

[02/08] Lançamento livro : Imagino Veneza de Julia Panadés

[28/11] Seminário: Educação e Democracia

[03/08] Bordar é um verbo destinatário

[04/08] Se os Tubarões Fossem Homens: conversa sobre Brecht, relações de poder e livro ilustrado

[22/07] Sessão de Narração de Histórias com Mirta Portillo

[18/07] Comemoração quatro anos d’A Casa Tombada!

[06/08] Quadros sonoros – criação musical a partir da imagem, com Tarita de Souza

[13/08] Ateliê de voz: espaço para escutar, respirar e encontrar a voz própria, com Renata Gelamo

[13/07] Encontro de Mulheres Indígenas

[19/07] Documentário “ECO – Cantos da Terra”

[15/07] A paixão pela palavra – Narrar, escrever e ler para pertencer ao mundo com Kiara Terra

[30/07] Oficina de Asalato, com Daniela Alarcon e Mauro Tanaka

[27/07] Bordado em Livro Sanfona com Priscilla Ballarin

[24/07] Materialidade e Leitura com Camila Feltre e Cristiane Rogerio

[26/07] Lançamento da 3ª Edição da Revista Linguará – C

[22/07] Oficina de Criação de Livro Ilustrado – Palavra e Imagem, Com Odilon Moraes e Carolina Moreyra

[18/09]Tramas e Fios com Ana Luísa Lacombe e Eliane Tavelli

[21/07] Palco aberto “Objetos na Performance Narrativa”

[21/07] Dom Quixote, o cavaleiro sonhador

[18/09] Tramas e Fios com Ana Luísa Lacombe e Eliane Tavelli

[15/07] As Chaves Para Contar Histórias com Ana Luísa Lacombe

[06/07] Workshop de ilustração em escultura de papel

[28/06] Show “Mensagem” de Heloisa Bonfanti

[12/09] Resolução de conflitos_Assembleias Dramatizadas e Formação de Grupo

[27/07] A arte de contar histórias na vida de todo dia

[04/06] Ateliê de Voz: espaço para escutar, respirar e encontrar a voz própria

[06/06] O papel da dimensão estética na Educação

[28/05] Vivência Circular: Potência, Poder e Punição

[05/05] Lançamento do livro “O Grande Pato”

[26/04] Uma conversa sobre poesia e pós-poesia com Carlito Azevedo

[29/04] O Objeto Livro: História e Contemporaneidade

[26/04] Sessão Cinema: “Impressão Minha”, documentário sobre publicações independentes com debate

[08/05] A paixão pela palavra – Narrar, escrever e ler para pertencer ao mundo com Kiara Terra

[20/07] II Ciclo “Objetos na Performance Narrativa”

Conto Tradicional: Viagem de Retorno ao País da Infância

[07/05] Cantar a Voz com Nani Barbosa e Renata Gelamo

[06/05] Histórias de Boca: Contos Tradicionais na Educação Infantil

Processos de Criação e Bordaduras

[05/09] Edição de livros – caminhos possíveis com Helô Beraldo

GRUPO DE ESTUDOS FILOSÓFICOS com Luiza Christov

Encontros com o Povo Verdadeiro com Angela Pappiani

Para narrar com imagens é preciso saber desenhar? Com Aline Abreu

Histórias e Culturas Afro-brasileiras e Indígenas na Educação – 2º sem/2019

Caminhada como método para a arte e educação

A vez e a voz das crianças: escutas antropológicas e poéticas das infâncias