Curso Livre de Desenho: Experiências e Métodos, com Fernando Chuí

Sobre o curso

O desenho veio antes da escrita. Na sua vida, bem como na história humana. E o cotidiano dessa vida afasta muitas vezes nosso desenho de nós. Ainda que ele seja algo possível, latente, vivo. Desenho de observação, desenho de memória, desenho anatômico, desenho de imaginação, desenho de perspectiva, desenho inconsciente na beira do caderno. No Curso Livre de Desenho: experiências e métodos, Fernando Chuí propõe uma experiência prática de desenho por diversas formas da linguagem buscando a reflexão sobre o desenho e o desenhar. A descoberta da técnica e a revelação da forma singular como cada um desenvolve seu traço darão o mote nesta busca a ser realizada em processo coletivo.

A partir de discussões coletivas sobre o tema do desenho a mão livre, suas concepções, técnicas e repertório históricos, este curso propõe atividades práticas de desenho no sentido do desenvolvimento do traço pessoal aliado ao pensamento particular sobre cada processo. Ao final, sugere-se a exposição dos trabalhos escolhidos por cada participante e discussão coletiva sobre processos.

Neste curso o participante será convidado a observar e experimentar formas de desenho, de clássicas a modernas, visando inserir cada participante em buscas particulares de técnica, linguagem e poética pessoal.

Material necessário: papéis sulfite, canson; lápis 2B, 4B, 6B; caneta nanquim ou tinta nanquim e pena.

Quem é o professor

Fernando Chuí é graduado em Artes Plásticas pela FAAP, mestre em artes visuais pela Unesp e doutor em educação pela FEUSP. Em sua dissertação, discutiu o aprendizado e o desenvolvimento da linguagem do desenho entrevistando dez desenhistas de diferentes meios e observando a construção de um método de ensino de desenho em cursos elaborados junto ao SENAC. Em seu doutorado, trabalhou o tema do erro na educação em arte. É autor dos livros Diálogo/Desenho e o infantil Filosofia Brincante, ambos em parceria com a filósofa Marcia Tiburi. O primeiro, publicado pela editora SENAC, traz uma conversa filosófica sobre os espaços do desenho no mundo contemporâneo. É também músico e assina os projetos gráficos de seus CDs e trabalhos, incluindo as capas e ilustrações. Lecionou desenho em instituições como SENAC e ASSAOC e atualmente é professor de arte do Colégio Marista Arquidiocesano.

Quando

Dias: 8, 15, 22 e 29 de abril;
6, 13, 20 e 27 de maio
quartas-feiras
Horários: das 9h30 às 12h

Onde 

A Casa Tombada
Rua Ministro Godói, 109
Água Branca – São Paulo – SP
CEP: 05015-000
[ Google Maps ]

Público

Pessoas interessadas por arte e suas linguagens e estudantes e profissionais em cujo contexto o desenho a mão livre e criativo pode ajudar em seu oficio, tais quais como nos campos de arquitetura, design, cinema, radio e tv, além de qualquer área artística.

Turma

25 pessoas

Investimento

R$ R$ 480,00
em até 4x sem juros ou
7% de desconto à vista pelo PagSeguro.

 

*Alunos e ex-alunos de pós d’A Casa têm 15% de desconto.
É preciso mostrar comprovação no dia do evento.

R$ 408,00
em até 4x sem juros ou
7% de desconto à vista pelo PagSeguro.

 

Outros cursos d'A Casa

[16/04] LIVRO PARA A INFÂNCIA E LIMITES: OS TEMAS E DESIGN NA CONTEMPORANEIDADE

[06/04] Entre ser um e ser mil: O livro de artista como espaço poético, com Edith Derdyk 

[11/03] Curso de Extensão/ Ética, Estética e Infância: meditações a partir da obra de Hannah Arendt, com Cláudia Vasconcelos

[11/03] Uma clínica para hoje – Grupo de estudos de Psicanálise e Filosofia com Carla Ferro

[09/03] Encontros com o Povo Verdadeiro, com Angela Pappiani

[11/03] Pesquisa na Escola é Possível, com Celina Fernandes e Pedro Sales

[05/03] ISTO É (TAMBÉM) UM LIVRO ILUSTRADO, com Odilon Moraes

[02/03] Oficina de Redação para o Vestibular: escrever pode ser transformador!