Como viver? com Gonçalo M. Tavares

Sobre o curso

A partir do livro Atlas do Corpo e da imaginação” de Gonçalo M. Tavares e do livro “Cartas a Lucílio” de Séneca, abordagem da questão essencial do pensamento: Como viver?

Passando esta questão Como Viver? por diferentes tópicos – ética, morte, tecnologia, linguagem, amor, desejo, etc. Um verso de poetas portugueses introduz cada tema.

Esta reflexão sobre temas essenciais do século XXI passará pela obra de artistas, escritores, filósofos, etc.

“Palavra, um homem tem que ser
prodigioso.”
Fernando Assis Pacheco,

Como viver com a ética?
Um verso de Sophia de Mello Breyner Andresen

“Aprende
A não esperar por ti pois não te encontrarás”
Sophia de Mello Breyner Andresen

Ética e criação
Exercícios em redor da ética e da criação.

Como viver com a morte?
Um verso de Alberto Pimenta

“bernardo leite pôs-se a pensar na morte e não conseguiu voltar atrás”
Alberto Pimenta

O conceito de morte como princípio básico da filosofia.
Textos de Baudelaire, Nietzsche, Séneca, entre outros.

Como viver com a saúde e a doença?
Um verso de Al Berto

“o rapaz que tem a mania de espetar uma faca loura
no ombro do mar”
Al Berto, O Medo

O conceito de saúde.
Saúde-carne e saúde-corpo.
Qualidade  quantidade de vida.
Estado/ Indivíduo e saúde.
Análise e discussão de textos de Fernando Savater (“Paradoxos éticos da saúde”), Ramón Gomez de la Serna, entre outros.

Como viver com a loucura?
Um verso de António Osório

“que lugar reserva Deus
para quem não atinge os seus erros?”
António Osório

A irracionalidade e a pequena razão.
O Conceito de loucura.
A lógica e o desejo.
As principais ideias de Nietzsche sobre o corpo.

Como viver com a tecnologia?
Um verso de Mário Cesariny

“é o doce roncar do avião
em cada ave que voa”
Mário Cesariny, Pena capital

Corpo e tecnologia versus corpo e natureza.
O exemplo de Stelarc: o 3º braço.
Relações tecnologia-corpo:
Tecnologia e luta contra sofrimento e morte.
Conceito de Cyborg.
Análise da obra de Stelarc.

Como viver com a linguagem?
Um verso de Pedro Tamen

“Não há montanhas se não há palavras.
Não foge a bala se não há espaço.”
Pedro Tamen

Discurso, linguagem e corpo.
Relação palavras/coisas.
Falar do que não está presente.
Relação abstracto/concreto.
O conceito de linguagem privada de Wittgenstein.
Discussão de textos de Oliver Sacks, Lewis Carroll, Jorge Luís Borges, entre outros.

Como viver com o poder?
Um verso de António Franco Alexandre

“assim basta o cinzento fato completo silencioso com lugar para os olhos”
António Franco Alexandre

As relações entre corpo e poder.
O Ser observado: explicação do sistema panóptico.
As teorias de Foucault sobre o poder.
Poder, conhecimento e corpo. O Conceito que baseia o: vigiar e punir.
Estudo das leis e suas consequências sobre corpo e movimento.
Referência a textos de Henri Michaux, e imagens de Marina Abramovic.

Como viver com a Identidade? 
Um verso de Vitorino Nemésio

“Eu, dejecto de estrela e desperdício de anjo”
Vitorino Nemésio

Corpo e identidade.
O desejo e a fractura e multiplicação da identidade.
As ideias Deleuze, Pirandello, Thomas Mann e Roland Barthes.

Como viver com o amor e o desejo?
Um verso de Luís Miguel Nava

“Naquilo a que chamamos eu
há sempre um espaço inocupado (…)” 
Luis Miguel Nava

O desejo como falta (Séneca) e como excesso (Nietzsche). Consequências das duas teorias.
Análise e discussão de textos de Roland Barthes, Oliver Sacks, Wittgenstein, entre outros.

Como viver com as utopias?
Um verso de António Ramos Rosa

“Era um país
Para onde se ia adormecendo.”
António Ramos Rosa. A Intacta Ferida

Corpo e utopias.
Utopias do corpo.
Análise de alguns textos de poetas chineses.
O palácio de projectos utópicos de Kabakov.
O corpo como centro dos projectos políticos

Quem é o professor?

Goncalo Tavares imagem 2

Gonçalo M. Tavares desde 2001 publicou livros em diferentes gêneros literários, traduzidos em mais de 50 países.

Os seus livros receberam vários prêmios em Portugal e no estrangeiro.

Com Aprender a rezar na Era da Técnica recebeu o Prix du Meuilleur Livre Étranger 2010 (França), prêmio atribuído antes a Robert Musil, Orhan Pamuk, John Updike, Philip Roth, Gabriel García Márquez, Salman Rushdie, Elias Canetti, entre outros.

Alguns outros prêmios internacionais: Prêmio Portugal Telecom 2007 e 2011 (Brasil), Prêmio Internazionale Trieste 2008 (Itália), Prémio Belgrado 2009 (Sérvia), Grand Prix Littéraire du Web – Culture 2010 (França), Prix Littéraire Européen 2011 (França).

Foi por diferentes vezes finalista do Prix Médicis e Prix Femina.

Os seus livros deram origem, em diferentes países, a peças de teatro, dança, peças radiofônicas, curtas-metragens e objetos de artes plásticas, dança, vídeos de arte, ópera, performances, projetos de arquitetura, teses acadêmicas, etc. – bem como a inúmeras traduções.

Escritores dão seus depoimentos:

“Há um antes e um depois de Gonçalo M. Tavares. Estou convencido de que
será Prémio Nobel em menos de 30 anos.”
José Saramago

“Portugal tem autores que fazem parte da grande literatura universal como Fernando Pessoa, Eça de Queiroz e na nova geração Gonçalo M. Tavares.”
Alberto Manguel

“Não tenho dúvidas de que o grande nome da literatura portuguesa hoje é Gonçalo M. Tavares. (…)”
José Castello (Brasil)

Quando

26 e 27/10 (sábado e domingo)
Das 14h às 18h

Onde 

A Casa Tombada
Rua Ministro Godói, 109
Água Branca – São Paulo – SP
CEP: 05015-000
[ Google Maps ]

Público

Geral

Turma

20 pessoas

Investimento

R$ 750,00 (2 dias)
em até 4x sem juros pelo PagSeguro
 

Dias Avulsos

R$ 375,00 (1 dia)
em até 4x sem juros pelo PagSeguro
 

Outros cursos d'A Casa

[31/10] Tecendo saberes e fazeres com crianças ao redor do mundo com Marie Ange Bordas

[21/10] Uma conversa com a trupe Carroça de Mamulengos – saberes de uma família brincante

[19/10] Voz na Técnica Espanhola: excelência na respiração, aumento de volume e dicção, com a profa. Dra. Lucila Tragtenberg

[19/10] RETRATOS DE PANO com estúdio Pé-de-ovo

[14/10] MINIESCULTURAS e VASINHOS com estúdio Pé-de-Ovo

[04/10] Lançamento do Livro “Lendas e Fábulas do Brasil” de Ruth Guimarães

A Arte de Contar Histórias em Processos Educacionais: Ensino formal e não formal 1ºsem/2020

Caminhada como método para a arte e educação – 1ºsem/2020

O livro para a infância: processos de criação, circulação e mediação 1ºsem/2020

Narração Artística: Caminhos para contar histórias em contexto urbano – 1ºsem/2020

[26/09] POESIA * CORPO * MEMÓRIA: encontro para educadores

[09/10] Cantar o jogo: escuta, criação e improvisação em voz

[01/10] Mediação de leitura e fruição estética Com Hanna Araújo

[22/10] Ateliê de voz: espaço para escutar, respirar e encontrar a voz própria, com Renata Gelamo

[20/09] Lançamento do livro “Vozes da Tradição”

[19/09] ENCONTRO ABERTO: POSSIBILIDADES DA NOVELA GRÁFICA, COM MARÍA LUQUE

[13/09] MAR, MAPA, MEMÓRIA: OFICINA DE POESIA E IMAGEM, COM ROSINHA

[08/10] Design é fluxo: fundamentos de teoria e prática, com Raquel Matsushita

[06/09] Apresentação musical – UMA

[03/10] MATERIALIDADE É LEITURA? com Camila Feltre e Cristiane Rogerio

[10/09] “Experiências de escuta em comum” com Helena Freire Weffort

[25/10] Infâncias: Raízes multiculturais infantis: histórias, memórias e a importância das biografias

[27/09] Infâncias: entrelaces entre mitologia, filosofia e espiritualidade

[28/10] Conto Tradicional: Viagem de Retorno ao País da Infância com Marco Haurélio – II módulo

Processos de Criação e Bordaduras com Eliane Tavelli

[02/09] CRIANDO NARRATIVAS VISUAIS: imersão Com ALINE ABREU

À escrita: experimentos em ateliê e acompanhamento de projetos com Ângela Castelo Branco

[21/09] Sábado em Casa: Histórias à volta d’A Casa

[24/09] Gestos de Escrita

[02/08] Lançamento livro : Imagino Veneza de Julia Panadés

[28/11] Seminário: Educação e Democracia

[03/08] Bordar é um verbo destinatário

[04/08] Se os Tubarões Fossem Homens: conversa sobre Brecht, relações de poder e livro ilustrado

[22/07] Sessão de Narração de Histórias com Mirta Portillo

[18/07] Comemoração quatro anos d’A Casa Tombada!

[06/08] Quadros sonoros – criação musical a partir da imagem, com Tarita de Souza

[13/08] Ateliê de voz: espaço para escutar, respirar e encontrar a voz própria, com Renata Gelamo

[13/07] Encontro de Mulheres Indígenas

[19/07] Documentário “ECO – Cantos da Terra”

[15/07] A paixão pela palavra – Narrar, escrever e ler para pertencer ao mundo com Kiara Terra

[30/07] Oficina de Asalato, com Daniela Alarcon e Mauro Tanaka

[27/07] Bordado em Livro Sanfona com Priscilla Ballarin

[24/07] Materialidade e Leitura com Camila Feltre e Cristiane Rogerio

[26/07] Lançamento da 3ª Edição da Revista Linguará – C

[22/07] Oficina de Criação de Livro Ilustrado – Palavra e Imagem, Com Odilon Moraes e Carolina Moreyra

[18/09]Tramas e Fios com Ana Luísa Lacombe e Eliane Tavelli

[21/07] Palco aberto “Objetos na Performance Narrativa”

[21/07] Dom Quixote, o cavaleiro sonhador

[18/09] Tramas e Fios com Ana Luísa Lacombe e Eliane Tavelli

[15/07] As Chaves Para Contar Histórias com Ana Luísa Lacombe

[06/07] Workshop de ilustração em escultura de papel

[28/06] Show “Mensagem” de Heloisa Bonfanti

[12/09] Resolução de conflitos_Assembleias Dramatizadas e Formação de Grupo

[27/07] A arte de contar histórias na vida de todo dia

[04/06] Ateliê de Voz: espaço para escutar, respirar e encontrar a voz própria

[06/06] O papel da dimensão estética na Educação

[28/05] Vivência Circular: Potência, Poder e Punição

[05/05] Lançamento do livro “O Grande Pato”

[26/04] Uma conversa sobre poesia e pós-poesia com Carlito Azevedo

[29/04] O Objeto Livro: História e Contemporaneidade

[26/04] Sessão Cinema: “Impressão Minha”, documentário sobre publicações independentes com debate

[08/05] A paixão pela palavra – Narrar, escrever e ler para pertencer ao mundo com Kiara Terra

[20/07] II Ciclo “Objetos na Performance Narrativa”

Conto Tradicional: Viagem de Retorno ao País da Infância

[07/05] Cantar a Voz com Nani Barbosa e Renata Gelamo

[06/05] Histórias de Boca: Contos Tradicionais na Educação Infantil

Processos de Criação e Bordaduras

[05/09] Edição de livros – caminhos possíveis com Helô Beraldo

GRUPO DE ESTUDOS FILOSÓFICOS com Luiza Christov

Encontros com o Povo Verdadeiro com Angela Pappiani

Para narrar com imagens é preciso saber desenhar? Com Aline Abreu

Histórias e Culturas Afro-brasileiras e Indígenas na Educação – 2º sem/2019

Narração Artística: Caminhos para contar histórias em contexto urbano – 2ºsem/2019

Caminhada como método para a arte e educação

A vez e a voz das crianças: escutas antropológicas e poéticas das infâncias