Narração de Histórias e o Direito à Preguiça - com Giuliano Tierno

Sobre o curso

imagem: “REFÚGIO POLONÊS” por Jakub Szczesny, foto de Edouard Fraipont

 

A proposta desse percurso é a de estabelecer relações entre o ato de contar/ouvir histórias e o exercício de “experimentar a vida como um dom, o mundo como um lugar maravilhoso” (KRENAK, 2020 : pp. 113). Por meio de narrativas tradicionais, narrativas das próprias experiências das pessoas participantes, digressões filosóficas e de práticas de imaginação, percorreremos essas veredas em busca de clareiras de repouso nos bosques de nossos cotidianos.

 

Percurso das aulas

Encontro 1 (26/7):  “Dar a ler”: narrativas da Preguiça;

Encontro 2 (27/7): O Direito à Preguiça;

Encontro 3 (28/7): Tédio, ócio, imaginação poética;

Encontro 4 (29/7): Imaginar o próprio repouso a partir das histórias.

 

Referências bibliográficas 

BARTHES, Roland. O prazer do texto. São Paulo: Perspectiva, 2010.

BENJAMIN, Walter. Magia e Técnica. Arte e Política. São Paulo: Brasiliense, 1994.

KRENAK, Ailton. A vida não é útil. São Paulo: Companhia das Letras, 2020.

_____________. Ideias para adiar o fim do mundo. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

LAFARGUE, Paulo. O Direito à Preguiça. São Paulo: Editora Hucitec, 2000.

LARROSA, Jorge, Linguagem e Educação Depois de Babel. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

NOVAES, Adauto. Elogio à preguiça. São Paulo: Edições Sesc, 2012.

RUSSELL, Bertrand. O elogio ao ócio. Rio de Janeiro: Sextante, 2002.

ZAMBRANO, Maria. Clareiras do bosque. Lisboa: Relógio d’Água Edições, 1995.

Quem é o professor?

20190217_151243

Giuliano Tierno é Doutor e Mestre em Artes pelo Programa de Pós-Graduação do Instituto de Artes da Unesp. Licenciatura plena em Educação Artística – Habilitação em Artes Cênicas pelo Instituto de Artes da Unesp. Sócio-fundador d’A Casa Tombada [Lugar de Arte, Cultura, Educação] na cidade de São Paulo. Coordenador Geral dos cursos de pós-graduação d’A Casa Tombada. Idealizador, coordenador e professor do curso de pós-graduação lato sensu Narração Artística: Caminhos para contar histórias em contexto urbano, pel’A Casa Tombada. Organizador do livro “A Criança de 6 anos – Reflexões e Práticas” (2008 e 2012), pela editora Meca. Coautor do livro “Contos do Quintal” (2007), editora Globo. Autor de contos publicados nas revistas Crescer e Direcional Educador. Organizador e autor do livro “A Arte de Contar Histórias: Abordagens poética, literária e performática”, pela editora Ícone, 2010. Organizador e autor do livro “Narra-te cidade: pensamentos sobre a arte de contar histórias hoje”, pel’A Casa Tombada Edições, 2017.

Quando

De 26 a 29/7
Das 10h às 12h

 

Onde 

Online
As informações de acesso serão disponibilizadas por e-mail.

Público

Geral

Investimento

R$ 280,00

PagSeguro
* em até 4X sem juros no cartão de crédito.
* 3,5% de desconto para pagamentos via boleto bancário.

PayPal
* 3,5% de desconto no cartão de crédito (parcela única).
* em até 6X sem juros no cartão de crédito.

VOCÊ PRECISA  ESPERAR  A DATA DO CARTÃO VIRAR?
Fale com a gente e reserve sua vaga pelo e-mail cursos.acasatombada@gmail.com 

Informações sobre bolsa
Clique aqui

Outros cursos d'A Casa

[31/07/21] Bate-papo: Paraskeué e os processos de cura – com Flávio Fêo e Naine Terena

[27/07/21] Contar e Visualizar: Transpondo as Imagens para o Corpo e a Palavra – com Simone Grande

[27/07/21] Poesia marginal e periférica – com Jéssica Balbino

[27/07/21] Mergulho da História: o Lobo – com Ana Luísa Lacombe

[26/07/21] Evolurir ou rirvolucionar: a graça de viver – com Paulo Federal (Palhaço Adão)

[26/07/21] O ovo, a tartaruga e a noite: mitos de origem e o gesto criativo – com Ana Gibson e Juliana Franklin

[24/07/21] Rodas populares – com Xavier Francisco

[24/07/21] A arte de narrar histórias pretas – com Giselda Perê

[23/07/21] Uma leitura indígena sobre o Pensamento de Fanon – com Geni Núñez

[23/07/21] Masculinidades: sociedade, política e subjetividade – com Marcos Felinto e Viny Rodrigues

[22/07/21] #artistaDEFpresente: novas perspectivas sobre o corpo com deficiência – com Estela Lapponi

[22/07/21] “(…) Ou talvez tanta revolta” – Educação, Literatura de autorias negras e Construção de Imaginários – com Juliana e Magno

[21/07/21] Estudos para nascer palavra – com André Amaral

[21/07/21] Poéticas caiçaras: memórias subterrâneas e oralidade pulsante – com Janaína de Figueiredo

[20/07/21] O sacy conta sua história – com Tati Fraga

[20/07/21] Invenção Literária: do começo aos meios – com Cristino Wapichana

[20/07/21] Entre infâncias e literaturas – com Juliana Correia

[20/07/21] Férias com a Carroça de Mamulengos

[20/07/21] III Ciclo de encontros: Poética latino-americana e pensamento da descolonização: caminhos, narrativas e utopias – com Bruno Simões

[19/07/21] C.A.S.A./Combo de Arte Sonora & Afins – com Ricardo Aleixo

[19/07/21]Conversas ao pé do fogo. Viver e contar: a maravilha dos mundos – com Mara Vanessa

[19/07/21] Conto de acordar memória – com Giba Pedroza

[19/07/21] A fotografia como arte literária – com Dúnya Azevedo

[19/07/21] A mulher que se escreve – com Ciça Lessa