O Caderno Como Lugar de Existência – com Renata Stort

Sobre o curso

O caderno não é um objeto!

Nesses encontros, vamos dialogar sobre o desejo e a importância da escrita que registra e materializa nossas intenções. Vamos refletir sobre o que estamos chamando por caderno e delinear sua importância como um lugar de ser e estar. Também vamos conhecer diversos cadernos e revelar as práticas de Renata Stort com uso dos cadernos na escola como um lugar de pertencimento, que expressa importantes registros sobre as relações, os pensamentos e a vida do estudante.

 

Programa com tópicos (sem desenvolvimento):

Encontro 1 (25/6) – O desejo da escrita
Encontro 2 (2/7) – O caderno como Lugar
Encontro 3 (9/7) – O caderno e a Escola
Encontro 4 (16/7) – A escrita como afeto que afeta

 

Bibliografia principal para compor o curso

SKLIAR, Carlos. A escuta das diferenças. Porto Alegre:Mediação, 2019.
LE BRETON, David. Antropologia dos Sentidos. Rio de Janeiro: Vozes, 2016.
INGOLD, Tim. Estar Vivo: ensaios sobre movimento, conhecimento e descrição. Rio de Janeiro: Vozes, 2015.
HARARI, Yuval Noah. Sapiens: uma breve história da humanidade. Porto Alegre: L&PM, 2017.

Sobre a professora

Renata Stort

Renata Stort é filósofa, cientista social e pedagoga. Foi professora em QosqoMaki (Cusco/Peru) onde iniciou seus estudos sobre cadernos. Autora do livro “Das Coisas Que Não Saem Nos Jornais” e da coleção para o Ensino Médio “Filosofia do Ser”. Dedica-se a conhecer o mundo pelos sentidos e a criar possibilidades para que os jovens façam o mesmo.

Interesse por novas turmas

Quando

Dias 25/6; 2, 9 e 16/7 (quintas-feiras)
Horário das 19h às 20h30

Onde 

Online
As informações de acesso serão disponibilizadas por e-mail.

Público

Geral

Turma

30 pessoas

Outros cursos d'A Casa

[13/03/21] Correnteza: uma jornada de mulher em jogo – com Yohana Ciotti