Mães que contam: um exercício de escuta, reflexão, narrativa e escrita da maternidade – com Letícia Fagundes

Sobre o curso

“O contador de histórias acaba sempre de chegar de uma longa viagem onde conheceu maravilhas e terror… Assim, por trás do rosto do homem que chega de muito longe, espreita o sombrio fluir das histórias.”

Por esta frase do escritor e filósofo espanhol Fernando Savater, podemos concluir que as mães são naturalmente contadoras de histórias. Afinal, maternar é entrar numa aventura desconhecida que pode ser (e normalmente é) digna de muito terror e muita maravilha. Em apenas um dia! E sem precisar sair de casa!

A maternidade é uma experiência que definitivamente nos acontece. Nos termos de outro escritor também espanhol, Jorge Larrosa Bondía: “Experiência é o que nos passa, o que nos acontece, o que nos toca”.

Chegar de viagem e viver experiências que nos atravessam diariamente são ingredientes perfeitos para o contar. Mas será que nós, mães, temos contado o que nos têm passado? Temos escrito sobre o que nos atravessa?

Mães não precisam de técnica para este contar. Este curso quer ser, em primeiro lugar, o espaço tão necessário de escuta e reflexão da experiência de maternidade de cada participante. E que a partir deste espaço se abra um caminho narrativo oral e de escrita potente como registro e partilha de histórias. Histórias que nos ajudam a sobreviver. Histórias urgentes de serem narradas e, assim, eternizadas.

 

Primeiro encontro (11/5): 
Escutar para ver.  O que precisamos contar urgentemente? Contar para sobreviver. 
Mãe, essa que conta sem nem se dar conta pois chega de uma grande viagem diariamente.
Início do diário de bordo.

Segundo encontro (18/5):
Quem é (ou era) e onde está essa mulher que (também) se chama mãe?
Escrever como caminho para cuidar de si.

Terceiro encontro (25/5):
O mal-estar da maternidade como propulsor da escrita.
Ver para inspirar a escrita. Rodada de fotos que provocam um contar. 
Ser mãe na pandemia, um livro à parte.

Quarto encontro (1/6):
Sair de si para recuperar o fôlego. Partilha de contos de quem amamos (ou quem sabe próprios?!).
Maternidade: a experiência que definitivamente nos acontece. Por isso, narremos.
Partilha de diário.

Quem é a professora

Letícia Fagundes é jornalista e especialista na arte de contar histórias. Prestes a completar 20 anos de experiência em televisão, descobriu que o audiovisual é apenas um dos meios para fazer o que mais gosta na vida: caçar, ouvir e contar histórias.
Líder-executiva em Desenvolvimento da Primeira Infância, um curso internacional ministrado na Harvard University.
Mãe do Antônio, de 5 anos, e da Manuela, de 1 ano. Inspirações máximas para a história deste curso e tantas outras que começou a contar sem parar.
Entre todas as histórias que já viveu e contou, não tem dúvida de que aquelas que envolvem uma mãe são suas preferidas. Além de necessárias e urgentes de serem registradas, contadas e compartilhadas.

 

Quando

Dias 11, 18, 25/5 e 1/6
Das 20h às 21h30

Onde 

Online
As informações de acesso serão disponibilizadas por e-mail.

Público

Geral

Turma

30 pessoas

Investimento

R$ 200,00

PagSeguro
* em até 4X sem juros no cartão de crédito.
* 7% de desconto para pagamentos via boleto bancário.

PayPal
* 7% de desconto no cartão de crédito (parcela única).
* em até 6X sem juros no cartão de crédito.

VOCÊ PRECISA  ESPERAR  A DATA DO CARTÃO VIRAR?
Fale com a gente e reserve sua vaga pelo e-mail cursos.acasatombada@gmail.com 

.

Outros cursos d'A Casa

[09/02/21] Experimentos de escuta e escrita – com André Gravatá

[06/02/21] O lugar onde moram as palavras – com Cristina Taquelim

[06/02/21] Ateliê Dançar o Desenho – com JulliPop

[01/02/21] Ciclo de encontros: Pensamento da descolonização e poética latino-americana: caminhos, narrativas, utopias – com Bruno Simões

[01/02/21] Escrituras do olhar: o trânsito entre a natureza da palavra e a natureza da imagem – com Edith Derdyk

[29/01/21] Fluxos criativos – com Laura Tamiana

[28/01/21] Estar de fora é como estar morto em um corpo vivo: notícias e narração de histórias – com Magno Rodrigues Faria

[27/01/21] Imaginação ou Pensamento? A alquimia dos elementos na formação do pensamento-imagem – com Melissa Migliori

[27/01/21] Diálogos sobre a leveza – com Angela Pappiani

[25/01/21] Oficina de Criação de Livro Ilustrado – com Carolina Moreyra e Odilon Moraes

[25/01/21] As Mil e Uma Noites: o poder da palavra feminina em Shahrazade – com Gislayne Matos / 2ª turma

[25/01/21] Certas afro-particularidades no panorama editorial: escrita, ilustração e leitura crítica – com Heloisa Pires Lima

[21/01/21] Encontros indígenas: conversas ao redor do fogo – Com Mara Vanessa

[21/01/21] Potências Piratas: histórias da tradição oral e a emergência de cartografias imaginárias – com Ana Gibson e Juliana Franklin

[19/01/21] A Ética da Paisagem – com João Rocha

[19/01/21] BiograĐmeas: um carteado com o passado feminino Рcom Sandra Lessa e Tatiana Lohmann

[18/01/21] De Infância e nuvens: o contador de histórias e o imaginário infantil – com Giba Pedroza

[18/01/21] A paixão pela palavra: o narrador aberto e a escuta como eixo – com Kiara Terra

[18/01/21] Escovar palavras: democracia e liberdade – com Luiza Christov

[18/01/21] Mergulho na História: As Bruxas – com Ana Luísa Lacombe

[18/01/21] Circular livros hoje: encontros e desencontros – com Anna Luiza Guimarães, Camila Feltre e Cristiane Rogerio