Conto de Fadas: Retorno ao País da Infância - com Marco Haurélio - 2º módulo

Sobre o curso

Contar histórias vai além do mero entretenimento. Uma das mais antigas expressões culturais da humanidade, a arte de contar histórias aproxima pessoas e cria laços afetivos que dificilmente serão rompidos com o tempo. Os velhos contos populares, sementes da tradição, nascidos não se sabe onde, trazidos não se sabe por quem, vivem na memória coletiva nas vozes dos narradores-guardiães. Marco Haurélio, valendo-se de sua experiência como coletor e divulgador de centenas de contos e lendas brasileiras, além de respeitado cordelista, nos convida a viajar pelo universo mágico da tradição em sua familiar universalidade.

 

Roteiro do curso

Primeiro encontro (09/07): Belas e feras: o vasto e longevo ciclo do noivo animal
Segundo encontro (16/07): Zeus, Jesus e Odin: os deuses caminham entre nós
Terceiro encontro (23/07):  Heróis tortos ou anti-heróis: de Ulisses a Pedro Malasartes
Quarto encontro (30/07): Eita diabo! O medo e o mal nos contos pulares.

 

SUGESTÕES DE LEITURA

ALCOFORADO, Doralice. Belas e feras baianas. Salvador: SECULT, 2008.

AMARAL, Amadeu. Tradições populares. São Paulo: Hucitec, 1976. ARAUJO, Alceu Maynard. Cultura popular brasileira. 3ª ed. São Paulo: Martins  Fontes, 2007.

BETTELHEIM, Bruno. A psicanálise dos contos de fadas. Tradução de Arlene Caetano. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

CALVINO, Ítalo. Fábulas italianas. Tradução de Nilson Moulin. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

CAMPBELL, Joseph. O herói de mil faces. Tradução de Adail Ubirajara Sobral. São Paulo: Pensamento, 1989.

CARDIGOS, Isabel; CORREIA, Paulo. Catálogo dos Contos Tradicionais Portugueses (Com as versões análogas dos países lusófonos). CEAO da Universidade do Algarve / Edições Afrontamento: Portugal, 2015.

CASCUDO, Luís da Câmara. Contos tradicionais do Brasil. 13. ed. São Paulo:  Global, 2004.

COELHO, Adolfo. Contos populares portugueses. Portugal: Compendium, 1996.

FERREIRA, Jerusa Pires. Armadilhas da memória (conto e poesia popular). Salvador: Fundação Casa de Jorge Amado, 1991.

FRANZ, Marie-Louise von. A sombra e o mal nos contos de fadas. Tradução de Maria Cristina Penteado Kujawski. São Paulo: Paulinas, 1985.

FROBENIUS, Leo; FOX, Douglas C. A gênese africana. Tradução de Dinah de Abreu Azevedo. São Paulo: Landy, 2005.

GOMES, Lindolfo. Contos populares brasileiros. 3. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1965.

GUIMARÃES, Ruth. Calidoscópio: a saga de Pedro Malasartes. São José dos Campos: JAC Editora, 2006.

_____________. Os filhos do medo. Porto Alegre: Globo, 1950.

HAURÉLIO, Marco. Contos e fábulas do Brasil. Classificação e notas: Paulo Correia. São Paulo: Nova Alexandria, 2011.

_____________. Contos folclóricos brasileiros. Classificação e notas: Paulo Correia. São Paulo: Paulus, 2010.

_____________. O príncipe Teiú e outros contos brasileiros. São Paulo: Aquariana, 2012.

_____________, Wilson Marques. Contos e Lendas da Terra do Sol. São Paulo: Paulus, 2019.

_____________. Vozes da tradição. Colaboração: Lucélia Borges. Fortaleza: IMEPH, 2018.

KIRK, G. S. The nature of greek myths. EUA: Penguin Books, 1985.

LEEMING, David. Do Olimpo a Camelot. Um Panorama da Mitologia Europeia.Readução de Vera Ribeiro. São Paulo: Zahar, 2004.

MEREGE, Ana Lúcia. Os contos de fada – origem, história e permanência no mundo moderno. São Paulo: Claridade, 2010.

NASCIMENTO, Bráulio do. Estudos sobre o conto popular. São Paulo: Terceira Margem, 2009.

PIMENTEL, Altimar. Estórias de Luzia Teresa (Três volumes). Brasília: Thesaurus, 1995.

PROPP, Vladimir. As raízes históricas do conto maravilhoso. 2. ed. Tradução de Rosemary Costhek Abílio. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

ROMERO, Sílvio. Contos populares do Brasil. Belo Horizonte: Itatiaia, São Paulo: Edusp, 1985.

XIDIEH, Oswaldo Elias. Narrativas pias populares. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros – USP, 1967.

Quem é o professor

marcohaurelio

Marco Haurélio, escritor, professor e divulgador da literatura de cordel, tem mais de 40 títulos publicados, a maior parte dedicada a este gênero que conheceu na infância, passada na Ponta da Serra, sertão baiano, onde nasceu. Vários de seus livros foram selecionados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) para o Catálogo da Feira do Livro Bolonha. Finalista do Prêmio Jabuti, suas obras receberam distinções como o selo Altamente Recomendável, da FNLIJ, e o selo Seleção Cátedra-UNESCO (PUC-Rio). Em sua bibliografia destacam-se as obras Contos folclóricos brasileiros, A lenda do Saci-Pererê, Meus romances de cordel, Lá detrás daquela serra, O encontro da cidade criança com o sertão menino, Tristão e Isolda em Cordel, A jornada heroica de Maria e Contos e fábulas do Brasil. Ministra cursos sobre cordel e contos tradicionais em espaços os mais diversos.

Quando

Dias 09, 16, 23 e 30/07
Quintas, das 19h às 21h

 

Onde 

Online
As informações de acesso serão disponibilizadas por e-mail.

Público

Geral.

Turma

40 pessoas

Investimento

R$160,00
em até 4x sem juros ou
7% de desconto à vista pelo PagSeguro.

 

Outros cursos d'A Casa

[12/08] Encontros com o Povo Verdadeiro – Angela Pappiani

[08/08] Oficina de colagem: Álbum de família – com Sofia Lemos

[03/08] A linha e seus papéis: indício, desígnio, anotação e acontecimento / 2ª turma – com Edith Derdyk

[03/08] Narração Artística: Conversas sobre os paradoxos no ato de contar histórias nas cidades – com Giuliano Tierno

[25/07] Ateliê de vídeo para contar histórias – com Yohana Ciotti

[24/07] Jornada de mulheres heroicas: histórias que precisamos contar – com Yohana Ciotti

[23/07] A Escritura do Desastre – com João Gomes

[21/07] Narrativas Adormecidas: O rito de passagem das fotografias – com Sandra Lessa

[15/07] Contar e Visualizar: Transpondo as Imagens para o Corpo e a Palavra – com Simone Grande

[13/07] Introdução à técnica do Papercutting / Kiriê – com Ariádine

[08/07] Contar histórias, reinventar mundos – com Emilie Andrade

[02/07] Que coisa incrível é um livro: história, criação e infâncias – com Cristiane Rogerio e Camila Feltre

[01/07] Diálogos acerca do Bem e do Mal nos Contos Tradicionais – com Kelly Orasi

[01/07] A linha e seus papéis: indício, desígnio, anotação e acontecimento – com Edith Derdyk

[29/06] Mediação em Leitura Literária: uma conversa sobre Direitos Humanos – com Penélope Martins

[25/06] O Caderno Como Lugar de Existência – com Renata Stort

[25/06] Dinâmica das artes no Sul-Sul: Brasil e África do Sul – com Luciara Ribeiro