Mediação em Leitura Literária - uma conversa sobre direitos humanos, com Penélope Martins

Sobre a oficina

Será que compreender questões de direito é um bicho de sete cabeças? Semelhante a procurar um objeto perdido dentro de um quarto escuro, a leitura literária pode funcionar como um ponto luminoso que orienta a percepção, revela a existência das coisas, questiona significados e permanece aceso como conhecimento servindo na busca contínua de decifrar uma ideia de justiça, um pleno exercício de cidadania.

Para este encontro, a partir de leituras literárias, vamos inserir e compartilhar saberes sobre:

  • Elementos essenciais para esclarecer e compreender as relações sociais;
  • Conexão entre cidadania e legislação;
  • Exposição de conhecimentos básicos de normas constitucionais e legislações que constroem educação capaz de pleitear e defender direitos;
  • O direito de ler e o direito de escrever: ferramentas para cidadania ativa e contestadora.

Quem é a professora?

Penélope Martins é narradora de histórias, escritora, compositora, colunista de literatura no blog Toda Hora Tem História, consultora em projetos de leitura para Editoras, articuladora do projeto Mulheres que Leem Mulheres. Formada em Direito pela Faculdade de São Bernardo, em 1997, pós-graduada em Direito Constitucional com pesquisa em Direitos Humanos pela PUC Campinas, foi aluna especial do Mestrado em Ética e Política durante dois anos no IFCH, Unicamp, e exerceu carreira como advogada atuando com direitos fundamentais e sociais. Dedica-se à literatura para infância e articulação em projetos de construção de novos leitores pela oralidade, desde 2006. Atua como narradora também em livro-áudio. Já colaborou com a voz em histórias para o blog da Cia das Letrinhas. Participa como autora com o Clube de Leitores de Portugal. Seus poemas para adultos já foram publicados pelas Revistas Mallarmagens e Germina Literatura, além de Coletâneas como Espantologia Poética das Edições Me Parió. Para o canal do Youtube, produziu conteúdo para Casa das Rosas, Sesi e outros parceiros. É Consultora de projetos de leitura para editoras e escolas, assim como intermediadora em debates sobre leitura, mediação, direitos humanos na literatura e afirmação feminina na leitura.  Entre seus livros publicados para todas as idades, estão: “A Incrível História do Menino que Não Queria Cortar o Cabelo”, Editora Folia das Letras de São Paulo; “Princesa de Coiatimbora”, Editora Dimensão; “Quintalzinho”, Bolacha Maria Editora; “Poemas do Jardim”, Editora Cortez; “Que amores de sons!” e “Minha vida não é cor-de-rosa” (Primeiro Lugar no Prêmio Biblioteca Nacional – 2019), ambos Editora do Brasil; “As aventuras de Pinóquio” (Seleção especial do Plano Bibliotecas Municipais de São Paulo – 2019), Panda Books; “Bulhufas, Bugalhos Bizarros!”, Editora de Cultura; “Que culpa é essa?”, Editora Patuá; entre outros.

Quando

Dia 7/3 – Sábado –
das 9h30 às 12h30

Onde 

A Casa Tombada
Rua Ministro Godói, 109
Água Branca – São Paulo – SP
CEP: 05015-000
[ Google Maps ]

Público

Geral.

Turma

20 pessoas

Investimento

Mínimo: R$ 80,00
Ideal R$ 110,00
Abundante: R$ 130,00

em até 4x sem juros ou
7% de desconto à vista pelo PagSeguro.

 

*Alunos e ex-alunos de pós d’A Casa têm 15% de desconto.
É preciso mostrar comprovação no dia do evento.

Mínimo: R$ 68,00
Ideal R$ 93,50
Abundante: R$ 110,50

em até 4x sem juros ou
7% de desconto à vista pelo PagSeguro.

 

Outros cursos d'A Casa

[26/06] Olhares e escutas: um olhar psicanalítico, com Josca Ailine Baroukh

[29/05] Desenvolvimento e aprendizagens infantis: um olhar microgenético, com Silvana Augusto

[24/04] Temperamentos, comportamentos e complexidades: um olhar da psicologia profunda

[27/03] Olhares – As crianças e seus mundos, com Adriana Friedmann e Wellington Nogueira

[15/03] A paixão pela palavra – Experiência imersiva na linguagem das narrativas abertas, com Kiara Terra 

[12/03] Albert Camus: cidade absurda, cidade revoltada, com João Gomes  

[12/03] Resolução de conflitos na sala de aula por meio das Assembleias Dramatizadas, com Ana Lucia Arbex

[09/03] A paixão pela palavra – Escuta e Criação, com Kiara Terra

[10/03] Jam de língua (FRANCÊS), com Alexandre Lindo (não é preciso ter conhecimento de francês)

[10/03] Das casas que habito – a minha, a sua, a deles, com Edith Chacon e Priscilla Ballarin

[07/03] Derivas da Escuta #2, com Ritamaria e Mariana Carvalho

[03/03] Gramáticas Corporais – narrativas sobre si, com Glauco Soto